Skip to content

Saudando Orixá tocando o solo

20 de agosto de 2013

SAUDANDO ORIXÁ TOCANDO O SOLO

Publicado por Roberto Barros em 27/01/2013 

Tocando o Solo

ACREDITAVAM OS NAGÔ QUE EXISTIAM NOVE ESPAÇOS (PLANOS) NO ALÉM.

Entre os quatro superiores e os quatro inferiores, havia um plano intermediário que se localizava (exatamente) no espaço ocupado por nosso planeta; esse seria o plano astral terrestre.

 Era através desse espaço que chegavam à Terra os orixás e ancestrais vindos dos vários outros planos.

Surgiam, pois, para os nagô, os orixás e ancestrais de dentro da Terra. Assim, quando desejam chamar os orixás, os nagôs tocavam três vezes os solo (após o nome do orixá ser pronunciado).

O solo diante dos tambores também era tocado (antes ou depois de tocarem com os dedos o próprio atabaque), afinal, quem chamava (através do som) os orixás eram os tambores.

O solo era sempre tocado três vezes; o três representa na cultura nagô ação, movimento, expansão …

Tocar o solo três vezes era o gestual que significava o “assim seja”, o cumpra-se …

Então quando, por exemplo, o nome de Ogum pronunciado, todos tocavam três vezes o solo; “assim seja”, “que Ogum venha até nós”…

No Brasil, os africanos, para consagrar o solo, para transformar o terreiro em uma pequena África, enterravam relíquias trazidas (da África) … transformando (ritualmente) o solo brasileiro em solo africano (”chão” dos seus orixás).

http://soumedium.wordpress.com/2013/01/27/saudando-orixa-tocando-o-solo/

Anúncios

Sabedoria de Preto Velho

16 de agosto de 2013

“Uma vez um garoto estava chorando…

nisso ele fechou os olhos e perguntou.. porque ??? se não sou mal..
se tento melhorar.. por que sempre choro..
e as vezes dói tanto..
E um velho estava sentado ao seu lado
na cabeceira da cama
nisso respondeu
Sabe fio

sua bondade esta dentro de você..
essa dor que você sente é as coisa ruim de desmanchando e sendo destruída
e todas essas lágrimas
é seu corpo tirando elas pra fora.
Pra cada lágrima existirá uma alegria que irá acontecer.
E quando não houver mais lagrimas..
você terá o poder de secar as daqueles que sofrem por elas.”

Adorei as Almas.

Orixás em Poesia

Uma vez um garoto estava chorando...
nisso ele fechou os olhos e perguntou.. porque ??? se não sou mal..
se tento melhorar.. por que sempre choro..
e as vezes dói tanto..
e um velho estava sentado ao seu lado
na cabeceira  da cama
nisso respondeu
sabe fio
sua bondade esta dentro de você..
essa dor que você  sente é as coisa ruim de desmanchando e sendo destruída
e todas essas  lagrimas
é seu corpo tirando elas pra fora.
pra cada lagrima existirá uma alegria que irá acontecer.
e quando não houver mais lagrimas..
você   terá o poder de secar as daqueles que sofrem por elas.

Adorei as Almas.

Orixás em Poesia
*Texto enviado por Jaqueline L.P.

Auto-compaixão

20 de novembro de 2012

AUTO-COMPAIXÃO

Se você não amar a si mesmo nunca será capaz de amar alguém mais. Se não for benévolo consigo mesmo não pode ser benévolo com ninguém mais.

O que quer que seja para si mesmo você será para com os outros. Se odeia a si mesmo você irá odiar os outros – e você foi ensinado a odiara si mesmo. Ninguém nunca lhe disse, “Ame a si mesmo!” A própria idéia parece absurda porque nós sempre achamos que para nos amarmos precisa de alguém mais. Mas se não experimentar em si mesmo não será capaz de praticá-lo com outros. Foi dito a você constantemente que você não vale nada, que é indigno, que não é o que deveria ser. Existem muitos deveria sobre a sua cabeça, e eles são quase impossíveis de realizar. E quando não consegue realizá-los, quando fracassa, você sente-se condenado. Um ódio profundo surge em você para consigo mesmo. Cheio de ódio, como é que você pode amar os outros? Assim você apenas finge, apenas demonstra que está apaixonado. No fundo não está apaixonado por ninguém; não pode estar.

Cedo ou tarde, todo caso de amor se toma bem envenenado. Ambos fingem que estão apaixonados, ambos vão dizendo que amam. O pai diz que ama o filho; o filho diz que ama o pai. Os irmãos dizem que amam um ao outro. O mundo inteiro fala sobre amor, canta o amor … e você pode achar outro lugar mais desamoroso? Nem um pingo de amor existe – e existe um Himalaia de poesias sobre o amor. Parece que todas essas poesias são compensações. Porque não podemos amar, temos de acreditar através da poesia que amamos. O que perdemos na vida colocamos na poesia, no filme, na novela. O amor está absolutamente’ ausente, porque o primeiro passo ainda não foi dado.

O primeiro passo é : aceite a si mesmo como é, abandone todos os deveria! Elimine o dever em seu coração! Você não pode ser outro alguém que você mesmo. Seja respeitoso para com sua individualidade. E tenha a coragem de assinar seu próprio nome. Não copie assinaturas dos outros. Ninguém espera que você se tome Jesus ou Buddha ou Ramakrishna; espera-se que seja você mesmo. Foi bom que Ramakrishna nunca tenha tentado ser outra pessoa, assim ele tomou-se Ramakrishna. Foi bom que Jesus nunca tenha tentado tomar-se Abraão ou Moisés.

Foi que Buddha nunca tenha tentado tomar-se Patanjali ou Krishnã.

Então você simplesmente relaxa e surge uma graça. Você fica repleto de grandeza, esplendor, harmonia … porque não há conflito! Nenhum lugar para ir, nada pelo que lutar, nada para força-lo. Você toma-se, inocente. Nessa inocência você irá sentir compaixão e amor por si mesmo. Você irá se sentir tão feliz consigo mesmo, que mesmo Deus vem e bate na sua porta e diz “Você gostaria de tomar-se outra pessoa?” você dirá, “Você enlouqueceu? Estou perfeito! Obrigado, mas nunca tente uma coisa dessas – Sou perfeito como sou”.

No momento que você pode dizer para Deus: “Sou perfeito como sou, sou feliz como sou!”, isso é o que no Oriente chamamos deshraddha – confiança: aceitando a si mesmo você aceito seu criador. Negando a si mesmo você nega seu criador.

 Se você diz de uma ‘Pintura de Picasso “Isso está errado e aquilo está errado, e essa cor devia ser desse jeito”, você está negando Picasso. Quando diz, “Eu devia ser assim”, você está tentando ser maior do que Deus. Você diz “Você cometeu erros eu devia ter sido assim” Sua luta é em vão; você está destinado a fracassar. E quanto mais fracassa, mais odeia. Quanto mais falha, mais se sente condenado e impotente. E desse ódio, dessa impotência, como a compaixão pode surgir? A compaixão surge quando você e diz, assim que sou’. Você não tem ideais para realizar. E imediatamente a realização começa a acontecer!

As rosas florescem tão lindamente porque não tentam ser lótus. E os lótus brotam tão belamente porque não ouviram lendas sobre outras flores. Na natureza ninguém tenta competir com ninguém, ninguém tenta tomar-se outro alguém. Tudo é do jeito que é. Seja você mesmo.

 É muito difícil viver com um santo, um santo estará continuamente condenando: por gestos, pelo olhar, a forma de falar. Ele sempre tem ideais nos olhos. É muito difícil viver com um santo … porque ele não aceita a si mesmo. Ele tem muitas coisas nele. Notas dissonantes. Ele precisa ir além. É claro, ele vê as mesmas coisas em você de uma maneira exagerada.

Para mim só é um santo a pessoa que aceitou a si mesmo, e nessa aceitação aceitou o mundo inteiro E isso é curativo, terapêutico. Apenas estar com alguém que lhe aceita totalmente é terapêutico.. Você será curado.

 Osho, Extraído de: A Sudden Clash of Thunder

*Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já têm a forma do nosso corpo, e esquecer os caminhos”

A NOVA FACE DA RELIGIÃO UMBANDISTA – Parte 1 por Caboclo Pena Dourada (Mestre Bhaundra Migori)

31 de maio de 2012

A NOVA FACE DA RELIGIÃO UMBANDISTA – Parte 1
por Caboclo Pena Dourada (Mestre Bhaundra Migori)
*******

“Na ARUANDA, reuniram-se os Leia mais…

A Grande Invocação

8 de fevereiro de 2012

A GRANDE INVOCAÇÃO

Do ponto de Luz na mente de Deus,

Que flua Luz à mente dos homens

E que a Luz desça à Terra.

Do ponto de Amor no coração de Deus

Que flua amor ao coração dos homens

O Cristo está na Terra.

Do centro onde a vontade de Deus é conhecida,

Que o propósito guie as pequenas vontades dos homens,

Propósito este que os mestres conhecem e servem.

Do centro a que chamamos a raça dos homens

Desenvolve-se o plano de Amor e de Luz

E fecha-se, para sempre, a porta onde mora o mal.

Que a Luz, o Amor e o Poder

Restabeleçam seu Plano na Terra

Hoje e por toda a eternidade. Amém.

Fotos Festa Cosme Damião 2011

4 de fevereiro de 2012

Este slideshow necessita de JavaScript.

MENSAGENS DE ARCANJO MIGUEL Outubro 2011

4 de outubro de 2011

BUSCAR A LUZ DO INTELECTO
Outubro 2011

Amados mestres, há um ritmo de fluxo e refluxo no processo de ascensão. Vocês vão experimentar um período de atividade intensa criado pelas experiências desafiadoras de expansão da mente, seguido por um desejo de interiorização e de uma necessidade de contemplação e isolamento. Vocês estão se esforçando para desenvolver uma forte Leia mais…